Região Sul/ES,


Busca

Por Basílio Machado

O destino Maratimba, banzai!!

03.09.2020

Como disse em meu último artigo, pesquisa eleitoral tem prazo de validade. É como o pãozinho da padaria, tem que se degustar fresco. A pesquisa que continuo analisando foi feita entre os dias 13 e 15 de agosto, portanto, já está com gosto de pão dormido. Perdeu a verve da temporalidade, mas é sempre um bom referencial, um ponto de partida, não de chegada.

Depois da publicação da Pesquisa do Instituto Opinião, percebo que os pré-candidatos saíram da zona de conforto. Tenho visto boas publicações nas redes sociais, especialmente de Toninho Bittencourt (Podemos), com vistas a recuperar o fôlego de sua pré-candidatura. A deputada Norma Ayub (DEM) também tem se movimentado mais pelo interior, onde a pesquisa apontou mais fragilidade em suas pretensões políticas.

Em algumas regiões a disputa está mais acirrada. Na Barra, no Filemon Tenório (Rua da Bacia) e no Centro, por exemplo, a disputa é palmo a palmo, com Tininho (PDT) e Norma revezando na liderança, sempre na casa dos 34%. Toninho Bittencourt (Podemos) vem logo atrás beliscando o calcanhar deles, oscilando nos 20%. No Pontal, Norma sobra com 40%. Tininho e Toninho tateiam a casa dos 26%.

No interior, Tininho supera com ampla margem nas comunidades mais povoadas. Perde para ela, porém, em Imburi , Lagoa Funda e Brejo dos Patos, onde Toninho também tem um bom desempenho, aproximando-se bastante dos dois. Em Jacarandá, Cuculucagem e Canaã, Tininho nada de braçada. Reflexo natural das ações da Prefeitura nessas localidades.

Pois bem, chega de pão velho. O jogo tem que ser jogado. Nessa sexta-feira, pela manhã, o DEM e outras agremiações políticas realizam suas convenções. A dúvida que paira está na escolha do vice, coisa que Toninho Bittencourt já definiu há muito tempo, com Marcos Vivácqua (PTB). O boa-praça e competente “Marcão” é meu amigo das antigas. Dos tempos do “Guimarães Rosa”, assim como seu irmão, José Maria.

A expectativa do eleitorado de Norma está entre os nomes do engenheiro “Baíco” e do Doutor Jander (DEM), que deverão ser colocados na mesa. O primeiro já testado no fogo da batalha, com bagagem política vasta; o outro trazendo o frescor do novo Partido Verde local e a genuína identidade maratimba pra campanha dela. Não queria estar na pele da deputada. Decisão difícil.

Enquanto isso, Tininho, em posição favorável, torce para tudo ficar como está. Quanto mais dividir, melhor para o prefeito, que tem na manga uma administração bem avaliada pela população. Noves fora os problemas judiciais, Tininho segue como favorito no pleito. De minha parte, torço para que nossa pérola capixaba seja bem guardada. Ela merece.

Até, Marataízes. Banzai!!

 

Vídeos
-->