Região Sul/ES,


Busca

Por José Rubens Brumana

Povo sofre com lentidão da Justiça

06.03.2020

Que processos judiciários são morosos, já fazem parte do imaginário popular. Mas, quem depende da atuação da lei em prazos constitucionais e não conseguem, sofre com essas falhas ao impactar diretamente suas vidas.

Usuários da Vara da Família, do Fórum de Marataízes, penam com a falta de uma decisão e demora judiciária para questões fundamentais e urgentes.

Processos como guarda e adoção, divórcios sem solução, internação compulsória, liberação de medicamentos para manutenção da vida, mandatos de prisão emitida com o devido aval do Ministério Público e pensão alimentícia, arrastam, em alguns casos por até dois anos, sem que uma solução seja apresentada.

São relatos dramáticos de quem busca num dos pilares da democracia e guardiã da lei, seus diretos que estão sendo negligenciados por acúmulo de serviço nas mãos de um único magistrado, que na maioria das situações, cumprem suas funções em diversas comarcas capixabas. Quem sofre com esse sério problema é o cidadão, que tem seus diretos negados.

José Rubens Brumana

José Rubens Brumana é Professor, Jornalista e Historiador

Vídeos
-->